Quando aplicar blockchain?

As imagens não ficaram boas mas entre na fonte e aproveite:

https://www.bndes.gov.br/wps/wcm/connect/site/1e2a4384-11ce-4011-95e2-c3e10357516a/apresentacao-gabriel-aleixo.pdf?MOD=AJPERES&CVID=muphQh6

Básico Funcionamento blockchain

BlockChain é um conceito, uma arquitetura de banco de dados descentralizada.

1° Passo: Registrando uma transação.

DE PARA VALOR
JardelMichel 4,23
DanielClaudemir 55,22

2° Passo: Tornar a transação anônima com a chave privada.

DE PARA VALOR
8s7fy8as7dfya 94cwum984cw 4,23
78as9fdh98a7sf 8u480y173841 55,22

3° Passo: Tornar a transação oficial. A cada 10 minutos todas as transações pendentes no mundo é analisado por um minerador.

DE PARA VALOR Status
8s7fy8as7dfya 94cwum984cw 4,23 Pendente
78as9fdh98a7sf 8u480y173841 55,22 Pendente

4° Passo: Assinatura, acontece quando uma pessoa faz uma transação para outra pessoa, e assim assinado digitalmente as informações dessa transação com a chave primaria. O processo de assinatura é como uma operação criptográfica encima das informações da transação gerando uma chave de conjunto de caracteres.

DE PARA VALOR Assinatura Status
8s7fy8as7dfya 94cwum984cw 4,23 asdf2sq217s787ds Pendente
78as9fdh98a7sf 8u480y173841 55,22 87yd8fans7ys8dfa Pendente

5° Passo: Determinar o ID da Transação: O minerador confirma que essa assinatura é valida e muda o status e grava um id da Transaction (gerado pelo minerador).

DE PARA VALOR Assinatura Status Data-Hora Transaction ID
8s7fy8as7dfya 94cwum984cw 4,23 asdf2sq217s787ds Ok 2018-12-12 15:34 e972fhy27t6et3
78as9fdh98a7sf 8u480y173841 55,22 87yd8fans7ys8dfa OK 2018-12-12 15:34 9849uuwr98uy7

6° Passo Tornar a Transação Imutável: ligação por bloco por meio do hash. Hash operação ou função matemática executada sobre um conjunto de informações digitais. O hash é executado pelo minerador, gerando apenas um por bloco.

Bloco 1

DE PARA vlr Assinatura

Status Data-Hora Transaction ID HASH das Transaction HASH do bloco anterior HASH final
8s7fy8as7dfy 94cwum984c 4,23 asdf2sq217s7 Ok 2018-12-12 15:34 e972fhy27t6 bg4h2h348wh4ls8 84khu3yg4is4bskd 774fsj3hs73
78as9fdh98a 8u480y17384 55,22 87yd8fans7y OK 2018-12-12 15:34 9849uuwr98

Bloco 2: simulando a utilização do hash anterior no proximo bloco.

DE PARA VALOR Assinatura Status Data-Hora Transaction ID HASH das Transaction HASH do bloco anterior HASH final
782jdsk s8fas9asdf 322,22 9sdf8y77ss ok 2018-12-13 10:11 uhfd8sh3hs8oss7
ou7hshu3hius0092n2 774fsj3hs73 od88fgh78h32c
s8fas9asdf 782jdsk 362,22 9sdf8y77ss ok 2018-12-13 10:11

BlockChain Pública ou Privada??

A maior diferença é a permissão em participar na rede (executar o protocolo de consenso e manter o livro razão compartilhada) como um minerador ou validador. Mas isso é uma escolha muito particular para a situação em que se deseja aplicar.

PÚBLICA: qualquer um pode participar da rede e visualizar as transações que ocorrem. Os mineradores (quem valida os blocos) podem deixar de ser um nó e depois voltar no momento que deixaram. Todos os nós possuem o mesmo poder de transmissão, sem privilégios. Nesta rede é necessário pagar taxas para incentivar que venham novos mineradores para resolver as transações. Um exemplo é a rede Ethereum.

PRIVADA: Geralmente é usada em meio corporativo, porque desta forma nem todos terão acesso a essa rede. A rede poderá ser compartilhada entre varias empresas, com cada uma com os seus nós. Mas as redes privadas requerem permissões para ler as informações na sua cadeia. Limitar as partes que podem fazer transações, definir quem pode estar presente na rede e escrever novos blocos. Os participantes existentes podem decidir quais serão os futuros participantes, emitindo licenças. Só quem participa da transação conseguirá ver a transação realizada. Exemplo de rede privada é a hyperledger, código não aberto, a confirmação da transação é mais rápido.